Um bebé prematuro nascido no Hospital Infantil Hubei, em Hunan, na China surpreendeu a equipa médica com a cor do seu sangue. Ao invés de apresentar a cor vermelha normal, o sangue da menina é cor-de-rosa.

Ao 7º dia estava aparentemente tudo bem, mas aos 20 dias a bebé começou a apresentar alguns problemas. À pequena foi diagnosticada hiperlipidemia – que é o excesso de substâncias gordurosas no sangue – , além de infecção pulmonar, anemia e retinopatia. A cor anómala do sangue será causada pela hiperlipidemia.

A hiperlipidemia é uma doença que atinge adultos e não existem outros registos de casos em recém-nascidos. A doença causa níveis elevados de colesterol e triglicerideos. Como a alta quantidade de gorduras no sangue pode entupir artérias, a doença pode resultar em problemas vasculares, cardíacos e até em acidentes vasculares cerebrais.

Arco da Velha