Pela primeira vez, o principal partido da oposição em Angola tem dois vice-presidentes, sendo a primeira, a deputada Arlete Liona Chimbinda, professora universitária de História das Ideias Políticas na Unibelas.

Antes de analisar as prioridades do partido face às eleições autárquicas agendadas para 2020 e presidenciais em 2022, ela começa por referir que a sua eleição, tal como a de quadros jovens para a direcção do partido, reflecte a adaptação da UNITA à actualidade e realidade angolanas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.