A Associação de Estudantes Angolanos em Lisboa e a Escola de Administração do grupo Lusófona assinam hoje pelas 17h00, no palácio Santa Clara, um protocolo de cooperação, que visa apoiar os estudantes angolanos.

De acordo com Edvaldo Teixeira presidente da Associação de Estudantes Angolanos em Lisboa o "acordo surgiu de uma boa relação entre as duas Instituições, através de conversas entre ambas as partes", salientou.

O protocolo que vais ser assinado entre as duas Instituições contempla descontos para os estudantes angolanos.

"Consideramos que a Escola de Administração oferece muitos cursos pertinentes, nomeadamente na área de administração, em relação a nova era de desenvolvimento que Angola tem verificado", adiantou Edvaldo Teixeira.

São cerca de 3 mil estudantes angolanos em todo o grupo Lusófona que conta com uma comunidade estudantil de cerca de 45 mil estudantes espalhados por várias Instituições de Ensino Superior em Portugal e no espaço lusófono, em países como, Angola, Brasil, Cabo Verde Guiné-Bissau e Moçambique.

O Grupo Lusófona tem como principal objectivo a promoção da ciência, da cultura e do desenvolvimento económico em todos os Países onde se fala a língua Portuguesa.

SAPO AO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.