Costa Júnior garantiu nesta quarta-feira, 18, que independentemente de uma eventual candidatura do actual presidente, Isaías Samakuva, ele vai avançar.

Em apoio à decisão de Adalberto da Costa Júnior, um grupo de militantes subscreveu um manifesto no qual dizem diz ser ele “a escolha certa para garantir a transição entre a velha e a nova geração”.

Adalberto da Costa Júnior e Abílio Kamalata Numa são, por agora, os candidatos assumidos à liderança da UNITA, cujo prazo de apresentação termina a 15 de Outubro.

Em determinados círculos, admite-se que o porta-voz do partido, Alcides Sakala, também pode concorrer, enquanto uma eventual candidatura de Samakuva continua a ser uma incógnita.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.